COMPLEXO DE INFERIORIDADE

Complexo de inferioridade. É mais comum do que podemos imaginar


Complexo de inferioridade ou também baixa autoestima, nos campos da psicologia e da psicanálise, é um sentimento de que se é inferior a outrem, de alguma forma. Tal sentimento pode emergir de uma inferioridade imaginada por parte da pessoa afligida.


Às vezes é inconsciente e pode levar o indivíduo a super compensação, ou seja, realizações espetaculares em determinados segmentos para compensar a falta de capacidade e condições em outras áreas . O desequilíbrio de desenvolvimento nos mais diversos setores da vida pode gerar comportamento antissocial e tendência a isolamento e introspecção.


Como utilizar o complexo de inferioridade a seu favor:


Utilize a sensação de inferioridade como um trampolim para o seu progresso pessoal. Quanto menor você se sente mais longe pode chegar à sua conquista.


Reflexão:


1. Você precisa questionar-se sobre: o que falta?

2. Qual a capacidade ou que condição em que você se encontra que o faz se sentir menor?

3. Assuma e aceite a atual situação e reconheça as principais desvantagens que o coloca nesta condição.

4. Quais os recursos que você precisa para melhorar a sua condição? E como você pode adquiri-los?

5. Aprenda a valorizar o seu potencial e utilize a seu favor. Enquanto existir comparação é sinal que você está fora das suas capacidades para está atento as capacidades externas, isso não vai ajudá-lo.

O estágio avançado de complexo de inferioridade é o desalento, frequentemente resultado numa fuga das dificuldades. Enfrente o que está na sua frente.


Sentimento de inferioridade primário


O sentimento de inferioridade primário é aquele que está enraizado em uma experiência de fraqueza, desamparo ou dependência vivenciada por uma criança, intensificada por comparações com outros irmãos, amigos, vizinhos, adultos etc. Trata-se do sentimento de inferioridade iniciado por feridas e experiências provenientes da infância, sendo que este é um estágio de profunda sensibilidade afetiva e emocional.


Sentimento de inferioridade secundário


Já o sentimento de inferioridade secundário relaciona-se com as experiências vividas na fase adulta. Um adulto que, por exemplo, não conseguiu atingir objetivos estabelecidos em sua vida, ainda que fossem inconscientes; que não foi escolhido em uma promoção profissional, não conseguiu um bom desempenho diante dos demais ou ainda foi “trocado” por outra pessoa em um relacionamento, é o concreto estereótipo desse tipo de sentimento.


Como surge o complexo de inferioridade

  • Infância:

Desde o nascimento a criança já tem um sentimento de inferioridade e dependência pela circunstância e isso pode acentuar pelas atitudes dos pais através de comentários negativos comparações desnecessárias e avaliações que inferioriza a capacidade da criança até os seis anos de idade. Falta de incentivo, carinho, atenção, elogios e feedback positivo colaboram na baixa autoestima nas crianças.

  • Vulnerabilidade e deficiências

Pesquisas indicam que pessoas com deficiência física, problemas psicológicos ou doenças graves tende a apresentar complexo de inferioridade por um período temporário ou permanente, podendo evoluir para depressões futuras.

  • Fatores Sociais

Preconceitos, desvantagens sociais e abusos podem colaborar significativamente na formação da estima de um indivíduo, Pois vivemos em uma sociedade baseada na competitividade, com valores sócios econômicos capitalistas com diferenças sociais, culturais e raciais.


Principais sinais


Aquele acometido pelo complexo de inferioridade tende a desistência de contatos sociais devido ao medo de frustrações, competitividade, criticas e comparações.

Necessidade excessiva de aceitação, elogios e atenção, quando não acontece à pessoa sente repentinamente tristeza e sentimentos de inadequação de vontade de sumir.

Outros apresentam comportamento agressivo e manipulador com intuito de manter-se no comando, isso o faz acreditar que pode superar o sofrimento psíquico e autoimagem negativa. Nesse caso a pessoa tente a inferiorizar outra pessoa para sentir-se superior. Isso faz com que o indivíduo diminua ainda mais as chances de superar suas limitações.

Humildade e aceitação são recursos básicos para aqueles que almejam subir mais um degrau


Como eliminar o complexo de inferioridade:


São dois fatores fundamentais para isso: primeiro tornar a inferioridade consciente e depois superar a incapacidade.

Parece simples, entretanto é um processo que implica crescimento, amadurecimento emocional, auto enfrentamento e vontade constante.



Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Ardhanarishvara - Ashram Brasil

Título 2